Narciso

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

| | |

Narciso era um jovem extremamente belo, nasceu na Beócia e foi profetizado por Tirésias que teria vida longa, contanto que nunca visse seu reflexo.

Narciso cresceu e por onde passasse conquistava admiradores, e assim seu ego inflava; não via nas outras pessoas beleza alguma que fosse digna da sua, e assim preferiu por não se relacionar.

Há três versões do mito, Na versão mais popular, a de Ovídio, Narciso encontra a ninfa Eco que se apaixonou imediatamente pelo jovem, ele por sua vez manteve a postura arrogante e desprezou o amor da ninfa. Eco devastada vagou pelas florestas até se esvair, a deusa Afrodite, que muito estimava a ninfa, manteve sua voz viva na forma dos ecos.

Para vingar a morte da amiga a deusa fez com que Narciso precisasse se debruçar no rio; este vendo seu reflexo apaixonou-se incondicionalmente, tentou alcançar o próprio reflexo, mas as ondulações provocadas por seu toque turvavam o reflexo, então narciso manteve-se na beira d'água definhando como Eco, sem poder tocar seu objeto de adoração; a beira do lago narciso morreu, e no lugar nasceu a flor narciso.



Uma variante do mito usada para o ensinamentos dos rapazes gregos põe o mito numa perspectiva masculina, essa versão diz que o admirador de Narciso era um jovem de nome Amantis (Ameinias, em inglês), este também foi rejeitado, mas não desistia, seguia Narciso por onde andasse; Narciso cansado do admirador deu a ele sugestivamente uma espada.

Amantis dilacerado pela rejeição matou-se na porta de Narciso, mas antes pediu a Nêmesis para que Narciso sofresse como ele, por um amor não correspondido.

A deusa atendendo ao pedido de Amantis fez Narciso ver e se apaixonar pelo próprio reflexo. Narciso a beira do lago tentou alcançar o reflexo, curvou-se tanto que caiu no lago e morreu afogado, as Ninfas procuraram por seu corpo, mas só acharam a flor narciso.  

Ainda em outra versão (de Pausânias), Narciso é um homem bom que se apaixona pela irmã gêmea; mas esta morre tragicamente, deixando um Narciso cheio de dor. Um dia ao pegar água no lago Narciso vê o próprio reflexo, pensando que é a irmã corre até o lago. onde definha dando origem a flor narciso.

2 comentários:

Anônimo disse...

De onde foi removida essa segunda imagem?
Quem se trata o artista da foto?
Agradecimentos antecipados!

Carlos Marinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário